Apesar de queda na produção industrial, emprego não caiu em abril

04/06/2021

Depois de atingir nível crítico no segundo semestre do ano passado, indústrias recuperaram seus estoques em abril e voltaram a ficar perto do planejado, reduzindo a escassez de matéria-prima. A conclusão consta na pesquisa Sondagem Industrial, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O índice de estoques encerrou o mês de abril em 49,6 pontos, próximo da linha divisória de 50 pontos. Indicadores abaixo de 50 pontos mostram estoques abaixo do planejado. Acima  desse valor, estão acima do previsto. Além disso, depois de uma leve recuperação em março, o índice de produção industrial voltou a cair em abril, fechando o mês em 46 pontos. E, apesar do recuo na produção, a evolução do número de empregados ficou em 50 pontos em abril. Ou seja, a pesquisa indica que as indústrias ainda não estão demitindo, apesar da queda na atividade provocada pela segunda onda da pandemia de Covid-19.

Leia matéria da Agência Brasil em https://bit.ly/2REaSsq.

0 Comentários
Escrever Comentário

Veja também

20939 Indústria 4.0: adoção de tecnologias fornece melhor conectividade e vantagem competitiva Saiba Mais
20938 Indústria da transformação e de serviços produtivos devem gerar 700 mil empregos até 2031 Saiba Mais
20937 Reforma tributária trará maior competitividade internacional para a indústria, acredita a CNI Saiba Mais