Governo publica normas obrigatórias para prevenir Covid-19 em frigoríficos

24/06/2020

Os ministérios da Agricultura, da Economia e da Saúde definiram em portaria medidas destinadas à prevenção à Covid-19 nas atividades desenvolvidas na indústria frigorífica e de processamento de carnes. As normas, de observância obrigatória, foram elaboradas após conversas com o Ministério Público do Trabalho (MPT).

O MPT tem feito demandas à Justiça para o fechamento de unidades com casos crescentes de Covid-19. Algumas fábricas, inclusive, chegaram a ser fechadas devido ao aumento de casos de coronavírus. Mesmo diante desse contexto, o Brasil tem mantido forte suas exportações de carnes para atender à crescente demanda da China.

Segundo nota do Ministério da Agricultura, existem atualmente 3.299 estabelecimentos processadores de carnes e derivados registrados no Serviço de Inspeção Federal (SIF). Destes, 445 comercializam proteína animal, enquanto trabalham 1.948 pessoas nas linhas de inspeção dos frigoríficos.

A fiscalização das normas definidas na portaria, além do abastecimento da população, ficará a cargo do Ministério da Economia, destacou o Ministério da Agricultura, em comunicado. “Essa portaria vai harmonizar mais as ações para que os frigoríficos possam, neste momento de pandemia, trabalhar com a segurança de seus funcionários e também para que possam continuar a produção...”, disse Tereza Cristina, ministra da Agricultura, no comunicado.

Normas
A portaria definiu que, no interior das plantas, o distanciamento entre os funcionários deverá ser de pelo menos um metro, conforme recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde. Também deverão ser reforçados cuidados nos refeitórios, vestiários e no transporte dos trabalhadores, quando fornecido pelas empresas.

A portaria também define a necessidade de acompanhamento de sinais e sintomas de Covid-19, bem como afastamento imediato por 14 dias dos funcionários que tiverem casos confirmados, suspeitos ou que tiveram contato com pessoas que tiveram exames confirmados de Covid-19.

Para ler a reportagem original, clique em https://bit.ly/3hQbALh.

0 Comentários
Escrever Comentário

Veja também

17916 Indústria da transformação perde espaço, de acordo com estudo do IBGE Saiba Mais
17915 Geração eólica no Brasil atinge 16 GW de capacidade instalada Saiba Mais
17881 Ternium se torna pioneira entre siderúrgicas no uso de biometano Saiba Mais