Indústria de alimentos tem avanço de 10% em Minas no último ano

13/01/2021

A indústria de alimentos em Minas Gerais apresentou um crescimento de 10% em 2020 em relação a 2019. Mas, apesar do avanço, o presidente da Câmara da Indústria de Alimentos da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) Mário Marques considera que o incremento poderia ser ainda maior, não fossem os desafios vividos no ano passado, como a escassez de determinadas matérias-primas.

Se, por um lado, as vendas de alimentos subiram com a mudança de hábitos trazida pela pandemia, com as pessoas ficando mais em casa, produtos como embalagens começaram a faltar, com impacto direto nos preços. Além disso, toda a indústria enfrentou o desafio de se reorganizar para continuar em funcionamento, mas também ganhou mais com as exportações.

Cenário mineiro
Em Minas Gerais, o setor de alimentos mostra toda sua força. São, atualmente, 7.812 empresas do segmento no Estado, o que representa 15,9% do total do Brasil. São 171.867 empregados na área, o que corresponde a 11,3% dos trabalhadores do setor no País. Em 2021, segundo Marques, as expectativas são de que o segmento continue apresentando números positivos.

Acesse a reportagem completa do Diário do Comércio em https://bit.ly/35pvLLk.

0 Comentários
Escrever Comentário

Veja também

20378 Setor produtivo apoia manutenção da Selic em 2% ao ano Saiba Mais
20377 Senai inaugura nova formação em Segurança 4.0 Saiba Mais
20376 Pela primeira vez em dez anos, emprego cresce na indústria em dezembro Saiba Mais